terça-feira, 27 de novembro de 2012

R.D.P e Circo Voador 30 anos

Esse show foi memorável, R.D.P no Circo Voador com abertura dos meus amigos do Serial Killer.

Nesse dia fui com o Bolinha guitarra do Serial, mas já estava com o nome na porta graças ao my brother André (Nitrominds) que estava na produção do Ratos. Pulseira... e entrada livre para o backstage. Fiquei muito amarradão de ver todas as formações do Ratos de Porão se revesando no palco e contando a história da banda em formato de show. E o melhor, tudo isso do palco. Os anos passam mas os caras continuam "cada dia mais sujos e agressivos". Estava o maior show família, o Gordo com as filhas, o Jão com filha que deve ter quase dois aninhos. Muito bacana.

O Serial Killer abril a noite com aquele HC old school mandado, essa volta dos caras aos palcos até me deixou mais motivado a continuar fazendo o que faço. Catinha tocou com a camisa do 8mm e era como se tivesse um pedaço da banda ali, fazendo parte de tudo aquilo. Se entrou pra história esse show eu também estava lá!

E foi isso, mais uma noite de hardcore e diversão. Como deve ser!





















Mais shows no Circo Voador

O tempo vai passando e cada vez mais vou tendo menos tempo pra fazer as coisas que realmente gosto. Essa rotina do dia a dia acaba com qualquer um. Mas mesmo assim consegui assistir shows que queria muito ver a muito tempo.

O primeiro foi o AGNOSTIC FRONT e H2O com abertura dos camaradas do PROL. Mais um evento comemorando os 30 anos de Circo Voador e também do AGNOSTIC FRONT.

Fiquei muito feliz por ter reencontrado pessoas que não a bastante tempo, relembrar velhas histórias e dar boas risadas. E ainda por cima jantar no Nova Capela as 3 da manhã um belo de um carré assado. Valeu Fabio Bolinha Barreto (Serial Killer), só você mesmo.

Todos os shows foram impecáveis, só clássicos. O clima estava bacana, com jeito de festa (punk) mesmo.












sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Liga hardcore do Rio de Janeiro

Dia 20 de Outubro de 2012 estamos de volta a Niterói, esperamos que como todos os outro shows esse também seja animal. Sempre que tocamos do outro lado da ponte o bagulho fica doido!!

Esse evento é especial por se tratar no nosso primeiro evento pela Liga HCRJ. Nos sentimos honrados por fazer parte desse movimento de união entra bandas de hardcore do estado do Rio de Janeiro.

Pela primeira vez vejo algo acontecendo de verdade, vejo bandas se unindo em prol de todos. Um divulgando o som do outro, compartilhando em redes sociais e incentivando a fazer mais e mais!

Por isso, bem vindo a LIGA HCRJ e que esse evento seja o primeiro de muitos que virão por aí!!

Força, respeito e paz sempre!!



Preparamos um total de 4 vídeos feitos no último ensaio. Esse é de AMERICANIZADO, editado pelo nosso baixista Ed Guimarães. Esperamos que vocês gostem e compartilhem com os amigos!!

video

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Mais um show!

Domingo dia 23 de setembro de 2012 estaremos tocando no evento PORRADA!!


Só para lembrar, que retomamos nosso material de merchandising e já temos novas camisetas!!

   

Esse show foi muito bom, mesmo não estando com a casa cheia. Voltamos a sentir prazer em tocar e encontrar os amigos para jogar conversa fora e rir uns dos outros. O som estava muito bom, e acho que os que estavam presentes conseguiram entender o que eu falava, e quando a mensagem é passada e entendida não tem preço. A casa é bem agradável, pequena, mas com uma estrutura bacana. Curtimos muito!! Tocamos todo o nosso setlist numa porrada só. Segue aí algumas fotos dessa noite bacana.


"Porrada!!! 23/09/2012 (Resenha por Feira Moderna Zine) Calabouço Heavy & Rock Bar (Vila Isabel, Rio de Janeiro/RJ) SERIAL KILLER – 8MM – MENORES ATOS Evento que já vem, fazem algumas edições, abrindo espaço para bandas do segmento HC & afins, o Porrada!!! tinha edição marcada para ontem, no Calabouço Heavy & Rock Bar, em Vila Isabel, bairro da Zona Norte carioca! Tarde nublada e uma chuva que teimava em não cair, por mais que ameaçasse. Uma parada estratégica na Universidade de Cerveja (cara), próximo ao local do show, pra acompanhar o final dos jogos das 16h do Brasileirão e vamos atrás do barulho! Devidamente bem recebido e acomodado no Calabouço (aliás, um lugar bem bacana), era hora de os trabalhos serem devidamente iniciados! Cerveja gelada e a preço justo! E aí sim, chegava a hora dos trabalhos no palco serem iniciados. A primeira banda a fazer barulho foi a 8mm. Banda das antigas e nome de respeito no underground carioca já fazem uns bons anos! Os caras fizeram um senhor show. “Arca de Noé”, “Terrorismo” e “Americanizado” foram pontos altos em uma apresentação irrepreensível! Hardcore redondo, certeiro e típico dos anos 1990! Ponto pros caras! Em seguida, a galera da Menores Atos, direto da Zona Oeste carioca tomou conta do palco. Ao que parece banda vinha de um iato de cinco anos. E voltaram com tudo! Som com influências claras de Hot Water Music, e outros nomes do Post HC do início dos anos dois mil. E pra liquidar a fatura, mais uma nome direto nos anos noventa! Serial Killer!!! Showzaço! Pancadaria do início ao fim! Tudo soou corretíssimo no no show dos caras! Até a entrevista com o 'Pedrinho Matador' (acho que era esse o nome da criatura!) na introdução do show! Lá pro final do set dos caras, “Seus Amigos”, som da banda que o Planet Hemp gravou, deu as caras no repertório! Não deu outra, né? Quem estava no lugar, cantou junto com os caras! Sempre bom poder conferir shows de bandas das antigas! É bacana notar como a rapaziada, mesmo depois de tanto tempo e das dificuldades comuns ao meio independente, ainda se mantém na ativa e com disposição tanto pra organizar quanto pra subir no palco e proporcionar domingos legais como este. E pra encerrar, fica a dica do Calabouço Heavy & Rock Bar: lugar bem bacana, visual nota dez e climão de casa de Rock! Vale a pena conhecer, ok? E foi isso. Abraços!"

video

domingo, 19 de agosto de 2012

Voltando ao Freak Show

Faz mais de um ano que não escrevo nada aqui. Muita coisa aconteceu nesse tempo, boas e ruins... mas como não estou aqui para falar de coisas ruins, vamos falar só de coisas boas. Retomei minha "terapia" chamada 8mm.

Acho que o tempo dos últimos posts foram o tempo que ficamos parados sem sequer ensaiar. Mas esse tempo acabou, os últimos 3 ensaios foram muito bons e a volta do Edgard no baixo deu um novo ânimo, se vê que o cara veste a camisa e ama essa banda. Espero que esse tempo tenha sido bom pra repensar as coisas. Somos um grupo e como tal devemos estar juntos! Fechados e pilhados, se não nada acontece.

Essa volta, marca os 12 anos de história da banda e nada como comemorar no evento que mais nos deu prazer em tocar FREAKSHOW. Que também comemora 12 anos desde o primeiro evento.

E para melhorar ainda mais, vai ser com o Jason que estão retomando os trabalhos aí em grande estilo, com o disco "obtuso" pedrada da melhor qualidade. Não deixa de ser um show de lançamento para eles.








Já o 8mm vem ensaiando um set list modificado e com duas novas músicas, "Loucos" e "Punho cerrado". É uma nova cara, dentro do HC porradão da banda. Optamos por não ficar correndo atrás de tantos shows!! Menos quantidade e muito mais qualidade. Pode ter certeza, se nosso nome estiver no evento é porque acreditamos que vai ser muito bom.

Hoje tento reprogramar minha mente, preciso somente focar no que eu quero e esquecer o que não quero para minha vida. É a lei da atração. É dificil, mas quando funciona causa um enorme prazer.

Bom, segue aí a foto da "nova" formação quase original!


Se você ainda não conhece o nosso trabalho pode baixar lá no TRAMA VIRTUAL. O Trama Virtual possui um sistema de patrocínio com relação as músicas baixadas em seu site. É grátis para o usuário e remunerado para o artista . Decidimos doar esta verba a uma instituição que cuida de crianças com câncer , A TUCCA .

A TUCCA - Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer que é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1998 por médicos, pais de pacientes e representantes da sociedade civil, com a proposta de elevar as taxas de cura e de melhorar a qualidade de vida de jovens carentes com câncer. Por isso quanto mais músicas baixar, mais será arrecadado para as crianças. Você está contribuindo sem meter a mão no bolso.

O nome TUCCA teve origem na expressão “Tumor Cerebral em Crianças e Adolescentes”, não mais utilizada pelo fato da TUCCA ter ampliado sua atuação para o tratamento de pacientes com todos os tipos de câncer da infância e adolescência.

Desde seu início, tem atuado no diagnóstico, tratamento e reabilitação e também na pesquisa e capacitação profissional, de forma a oferecer acompanhamento multidisciplinar, alem de exames e medicamentos de última geração, sem qualquer custo ao paciente e sem fila de espera.

Com mais de 1.500 jovens assistidos, a parceria da TUCCA com o serviço de oncologia pediátrica do Hospital Santa Marcelina alcança taxas de cura comparáveis aos principais centros de oncologia pediátrica da Europa e Estados Unidos. Este dado é especialmente relevante quando nos deparamos com o fato do câncer, nos países em desenvolvimento, matar mais crianças que a AIDS, Malária e Tuberculose juntos, sendo a segunda causa de morte infantil no Brasil, de acordo a Organização Mundial de Saúde.